domingo, 5 de abril de 2009

L Lawliet

Pro universo de Death Note, o L está perfeito. Claro, eu nunca botei muita fé nesse anime (embora tenha escutado muitas pessoas falando bem dele) e só fui ver, ainda com muita descrença, na casa do meu namorado. Oquei, o Raito é um chatoooooo e quem salvou minha visão de Death Note foi mesmo o L.


A primeira vez que citaram ele, achei muito fantastico. Cheio de mistério envolvendo sua pessoa e quando ele finalmente dá as caras, é um cara pra lá de esquisito, que anda curvado e se entope (não tô zuando, antes eu achava que somente o Rusty ficava comendo o tempo todo) de doces. Senta esquisito porque acha que se sentar corretamente vai perder porcentagem de sua capacidade de raciocinio.



Quando eu o vi, não botei fé. Fiquei até decepcionada, porque não correspondia a imagem que tinha feito dele. Achava que ia ser um personagem bonitão e que nada, era só um magrelo, esquisito, pálido e com olheiras.


Mas então, o L mostrou porque ele era o Melhor Detetive do Mundo e que sua aparência tinha todo um charme esquisito e dócil. Tinha vontade de apertar o L de tão fofo que ele se mostrava.


Claro, pra alcançar a alcunha de Melhor Detetive do Mundo, ele era realmente bom. E cara, ele é bom mesmo. Como eu disse, pro universo de Death Note, com o Raito sendo sempre mentiroso pra cacete, tinha que chegar alguém a altura dele, a ponto de deixá-lo com medo e testar sua inteligência.


O L sempre soube que o Raito era o Kira. Não tinha como provar e quando achou que tinha (mais uma das muitas mentiras do Death Note), o Raito foi mais inteligente (oquei, admito que ele jogou muito com a sorte e teve sucesso, mas que foi mentira demais, foi) e trapaceou, deixando o L pra trás. Porque, apesar de tudo, a intuição do L era melhor e ele já sabia que o Raito era o Kira, só não sabia a forma que ele operava (ou "modus operandi"). Claro, ele poderia adivinhar que se tratava de coisas sobrenaturais.



Sem o L, o Death Note perdeu muito. Eu não terminei de ver, parei no episódio 34, mas desde que ele saiu, perdeu muito da graça pra mim. O Kira não pode vencer porque é errado o que ele faz, ele é injusto e louco; mas claro que os roteiristas não precisam concordar comigo - e muita gente queria ter um Death Note pra virar um Kira-da-vida - mas sem o L, perdeu muito mesmo.

Enfim, falei demais. No Live-Action, L é interpretado por Kenichi Matsuyama, muito bem interpretado por sinal. Ele anda curvado, fica comendo doces o tempo todo, cabelo caído sobre os olhos, olheiras, palidez, pega tudo com a ponta dos dedos, senta da mesma forma, e possue aquele olhar vago tão caracteristico do L. Nossa, a atuação dele é m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-a-aaaaaaa! Simplesmente é o L.

E sim, eu gostei mais do final do Live Action, o L foi melhor e calou a boca do presunçoso do Raito... hauahauahua. \o\

Um comentário:

Cherie L Lawliet disse...

Nossa.. amei o que tu disse sobre o L... realmente o anime perde muito sem ele.
E no Live-Action o cara é o proprio L
ta de parabens amei o blog ^.^