sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Nana

Tah, hoje de madrugada eu vi o filme japonês Nana e adorei. O que é bom, já que baixei 14 pedaços dele pra montar... Mas deu tudo certo e a qualidade de imagem e audio estavam ótimas, e vinha com legenda embutida.

Nana é uma adaptação do mangá de Ai Yazawa e trata de uma história de amizade. O mangá está sendo publicado aqui no Brasil também, se alguém tiver interesse.

Não, eu não conhecia o mangá ou o anime e nem sabia dessa história. Eu fui ver porque estava ouvindo Yuna Ito e lembrei que ela fez parte de um filme, como uma cantora misteriosa e de voz maravilhosa. Ela fez a REIRA desse filme, a cantora linda do Trapnest, uma banda de sucesso do Japão. Claro, a Yuna está ótima no filme, pena que aparece tão pouco e ainda falando em inglês em sua única fala.

O filme trata de duas personagens chamadas Nana. Uma delas, independente, fria e moderna é a Nana Osaki, cantora punk que tem uma voz maravilhosa e o sonho de ganhar a vida com música. Ela é a vocalista da banda Blast e teve um relacionamento conturbado no passado. A outra personagem é Nana Komatsu e ela vai pra Tóquio porque quer morar com o namorado. Ela é meiga, ingênua e aprende muito com a outra Nana (que diz que ela se parece com um cachorro e passa a chamá-la de Hachi - uma das melhores passagens do filme). Elas se conhecem no trem que está indo pra Toquio e se encontram novamente quando estão vendo um apartamento - que passam a dividir logo depois.

(aqui uma imagem que eu achei na net das 3 Nana Komatsu - a mangá, anime e a do filme)

Um bom incentivo pra eu ter visto o filme foi que o Ken'ichi Matsuyama aparece também... Muito pouco, muito bobo, mas aparece. E aquele sorriso dele é de conquistar qualquer coração. (Nha! Eu adoro ele =X Pra quem estiver perdido, ele fez o L nos lives do Death Note) Ele interpreta do Shin, um baixista que entra pra banda que a Nana está formando em Tóquio. Esse lugar pertencia ao ex-namorado dela, Ren, que agora faz parte da Trapnest.

(Aqui a imagem que eu também achei na net da Nana Oosaki, com suas três versões - mangá, anime e live. No primeiro filme de Nana, ela foi interpretada por uma cantora famosa no Japão chamada Mika Nakashima)

Sobre relacionamentos românticos, o filme mostra o da Nana com o Ren - muito apaixonante e bonito, já que o Ren parece apaixonado pela personalidade forte de Nana. Uma das melhores cenas são eles na banheira conversando sobre como haviam se conhecido. Nana parece alguém sem muita perspectiva pois não tinha os pais e sua avó, que a criava, morre. Ela se apaixona a primeira vista pelo Ren e eles começam a namorar, então ele lhe ensina a cantar e ela volta com seu orgulho e obstinação.

Já a outra Nana tem namorado e a relação acaba perdendo ritmo e ele se apaixona por uma companheira de trabalho. Ela fica muito desolado, já que seu plano de vida - juntar dinheiro pra se casar - não se realiza e ela não sabe mais o que fazer. Graças a força de sua amiga Nana, ela consegue se recuperar e evoluir.

E tem o filme 2, que eu vou baixar e assistir. Agora seguem o trailer e a música Glamorous Sky (meu recorte - primeiro no vocêtubo)



Glamorous Sky

Um comentário:

Luh Moon disse...

Vc viu Nana... *-*
Bom vc conhece a lótus tatuada no meu braço né? Então sabe o quanto eu AMO Nana. Tenho os mangás, os episódios do anime, os dois Live Actions...
E Nana me faz lembrar de amizade, de amor, de verdade, de excessos...
Ah, fiquei feliz em saber que vc viu e gostou...
Eu definitivamente acho a história fascinante! *-*